sábado, 14 de novembro de 2009

Assassino italiano inicia greve de fome


Battisti inicia greve de fome para tentar conter extradição

Estadão Online


O ex-ativista italiano de esquerda Cesare Battisti, que aguarda a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre seu pedido de extradição apresentado pelo governo italiano, iniciou na sexta-feira, 13, uma greve de fome, segundo informou o senador José Nery (PSOL), de acordo com a agência de notícias Ansa.

O senador informou que Battisti está em "greve total de fome" e que ele escreveu uma carta aberta endereçada ao presidente Lula argumentando que não lhe "resta outra alternativa". Segundo fontes que estiveram com o italiano no presídio da Papuda, em Brasília, na sexta, o ex-militante de esquerda está abatido.

Ainda de acordo com Nery, a intenção era entregar o texto ao secretário-geral da Presidência, Luiz Dulci, para que ele o levasse a Lula, antes do presidente iniciar uma viagem internacional. A agenda do mandatário previa sua partida à França para as 22 horas da sexta. O segundo país a ser visitado por Lula na Europa é a Itália, para onde Battisti seria extraditado.

Leia Mais Aqui

2 comentários:

Isaias Medeiros disse...

Tomara que esteja mesmo. Pelo menos assim economiza um pouco do nosso dinheiro enquanto estiver preso!

sicário-OQÑ se discute disse...

Concordo com o Isaias, pq. tem muito brasileiro honesto e decente passando fome.
Não posso deixar de lembrar todas as vítimas brasileiras do terrorismo da esuqerda e só me ocorre desejar que Battistti e seus amigos brasileiros apodreçam em vida.
Linfoma conto contigo!