sexta-feira, 23 de abril de 2010

SERRA x DILMA

Por Nivaldo Cordeiro

Blog do NIVALDO CORDEIRO

Os primeiros movimentos da campanha eleitoral têm me surpreendido. O candidato Serra tem se mostrado muito habilidoso com as palavras e na costura política. Sua tarefa principal tem sido colocar a seu lado o governador Aécio Neves e parece ter sido bem sucedido no intento até agora.

O ponto mais positivo de José Serra tem sido o fato de destinar seu discurso à sociedade em geral. Tem trabalhado de forma competente os formadores de opinião. Tem dado brilho de estadista ao que diz. Tão notável tem sido o discurso que até mesmo os jornais alinhados com o PT, como o Estadão, estão dando-lhe ressonância positiva. Resta saber se esse apoio se manterá ao longo da campanha.

Dilma adotou um discurso oposto, juntamente com seu padrinho Lula. Tem feito um discurso dirigido aos cabos eleitorais, ao partido e aos burocratas do governo a ele ligados. Discurso redundante e inútil para comover o público em geral. Na verdade, esse tem sido o roteiro de todas as campanhas do PT, com exceção daquela de 2002, quando surpreendeu o Brasil com a famosa Carta ao Povo Brasileiro. Este documento, na prática, aboliu todas as promessas do partido e destinou-se ao público formador de opinião e às elites em geral.

Parece não haver espaço para movimento semelhante agora, até porque os dois últimos anos do governo Lula têm revelado a verdadeira face do PT, o seu radicalismo revolucionário. As conferências nacionais, como a recém feita sobre Educação e a famigerada dos Direito Humanos, colocaram o eleitorado em alerta contra o potencial de radicalização.

Leia Mais Aqui


Um comentário:

omapadobrasil.blogspot.com disse...

POSTAGEM EM NOSSO BLOG: omapadobrasil.blogspot.com

sexta-feira, 23 de abril de 2010
O Assassino dos Poetas
O assassino dos poetas, o assassino dos sentimentos do amor, o assassino que, com seu pequeno livro latrinário, furacou a natureza criada por Deus, e, com espírito ciclonal, espalhou o pânico avassalador nas mentes vulneráveis e fracas, e, com o intento psicopático que contaminou mais mentes psicopáticas, lecionou em sua obra diabólica a prática de matar pessoas, aleatoriamente, mas com preferências matar aquelas que, e, de modo que cause maior pânico na população.

Este pequeno texto fala de CARLOS MARIGHELLA, o autor da cartilha do terror.

CARLOS MARIGUELLA, funestamente, e para tristeza do mundo, é considerado pelo presidente Lula do Brasil, conforme discurso seu, um herói nacional.

Todo aquele que, por infelicidade, vier a conhecer A CARTILHA DO TERROR, ficará, por providência divina, esclarecido sobre quem é e quem foi CARLOS MARIGHELLA. E ficará também sabendo quem são seus discípulos que o consideram um herói nacional.


(no www.google.com.br encontram-se as letras da obra maligna citada)
DURANTE A DITADURA DE FIDEL CASTRO, NASCEU ALGUM POETA EM CUBA? SIM
DURANTE A DITADURA DE FIDEL CASTRO, ESCREVEU ALGUM POETA EM CUBA? NÃO
Postado por omapadobrasil.blogspot.com às 4/23/2010 09:52:00 AM 0 comentários Links para esta postagem